PIPER – Descobrindo a vida

Viver é um aprendizado constante. Descobrir novos lugares, novas formas de fazer as mesmas coisas, pessoas que pensam diferente de você… São muitas descobertas incríveis. Mas enfrentar o desconhecido também pode ser aterrorizante. Erramos, calculamos mal, não entendemos direito algumas coisas que acontecem. É preciso abrir a mente e o coração, e com a disposição de aprendiz, da nossa criança interior, nos dispormos a ir descobrindo cada dia um pouco mais.
O curta abaixo, é da Pixar, e conta a história de Piper, um passarinho bebê que está saindo do ninho pela primeira vez. Com a ajuda da mãe e novos amiguinhos, ele vai tentar vencer seus medos e descobrir novas formas de achar comida!
Ah! Assistam até o final, pois tem cena pós-crédito! =D

Abraços,

June Alves de Arruda

Publicado em Reflexões, Vídeos | Deixe um comentário

Livro: O Amor é para os Fortes – Marcelo Cezar

1
Título: O Amor é para os Fortes
Psicografia: Marcelo Cezar
Ditado por Marco Aurélio
Editora: EVD
Páginas: 258
Edição: 1ª (11ª reimpressão)
Sinopse:
O Amor é para os Fortes, nos ensina que não existe a relação perfeita, mas sim, a relação possível. Edgar é um jovem romântico, apaixonado por sua esposa Denise, que não o ama e está emocionalmente envolvida com Leandro, um bem sucedido executivo carioca, casado com Letícia, que só se relaciona com Denise em busca da intimidade que não existe mais em seu casamento. Por meio de uma história envolvente, passada nos tempos atuais, o romance retrata as ilusões afetivas na busca de uma relação perfeita, e mostra que é na relação possível que a alma vive as experiências mais sublimes, decifra os mistérios do coração e entende que o amor é destinado tão somente aos fortes de espírito.
 
Considerações:
A leitura desse livro é rápida e flui muito bem. Terminei em 4 horas (mas eu sou rata de livros, rsrsrs). A história tem tudo para brilhar, mas autor exagera na necessidade de usar um linguajar simples e propõe situações para as quais conseguimos rapidamente antever o final. Consequentemente ele não surpreende. Os personagens são superficiais e monocromáticos. Carregam o antigo de conceito de mocinhos e bandidos. Falta a complexidade característica dos seres humanos. Somos espíritos imortais em processo de aprendizagem, evoluindo pouco a pouco ao longo do tempo. Em alguns momentos somos mocinhos, em outros somos bandidos. A mesma pessoa que odeia alguém pode ser capaz de amar ardentemente outro. Aquele que não consegue perdoar uma falta do irmão, pode ser compreensivo com outra pessoa. Somos assim, complexos. E parece que o autor esqueceu isso. Portanto os personagens “malvados” são assim 100% do tempo, exceto, às vezes, em um momento de arrependimento. Os mocinhos são bons até a raiz.
A história explora as noções de ação e consequência, amor, respeito, obsessão, adultério, perdão. Duas importantes lições me saltam aos olhos e tocam meu coração nesse livro: a necessidade do equilíbrio e diálogo honesto dentro das relações amorosas. Recomendo principalmente para iniciantes e simpatizantes da Doutrina Espírita, ou a todos que gostem de romances espíritas mais simples.
 
Por June Alves
Publicado em Livros | 2 Comentários

Feliz Dia (todos os dias) dos Namorados

Dia dos namorados.png
Imagem: Google
Como diria Pepé Le Gambá “ah, l´amour”. No período que antecede o dia dos namorados sempre vem um desejo de abraçar apertado, dissertar sobre o romantismo, de ouvir Marisa Monte com a foto do pretenso paquera nas mãos… Nesta data queremos sentir mais intensamente! Mas porque somente nesta data? 
Naqueles dias em que o amado está com um humor péssimo, devíamos recordar com ternura o primeiro encontro e exercitar a paciência e a doçura. Ou quando ele quer ver o filme Alien vs Predador e ela ansiosa para assistir a Como eu era antes de você, o sentimento que os une seria o suficiente para que cedesse com alegria o seu intento, certo?
O amor aparece em alta nas festividades, porém poderia estender-se para todos os momentos em que é exigido no cotidiano, sem ser esquecido ou revogado. Vamos distribuir afeto em gestos, com o olhar e as palavras, atitudes que sejam como um presente ao parceiro de jornada. Ao invés de disputarmos espaço em lojas repletas de corações, doarmos carinho para quem escolhemos compartilhar as melhores e piores experiências de nossas vidas! Afinal para que comemorarmos por um dia o que se pode festejar em qualquer ocasião? Pois como bem citou Renato Russo “Eu te amo é uma frase muito forte para ser dita em vão. Ame primeiro, diga depois.” Multipliquemos nosso amor a cada dia! 
Por Alexandra.
Mãos
Imagem: Google
Publicado em Agenda | 1 Comentário

17/06/2017 – Palestra “Justiça das Aflições”

Você é nosso convidado especial para a próxima palestra do GruDDE! Marque na sua agenda, convide amigos e familiares! 

Esperamos você!

Palestra: Justiça das Aflições

Palestrante: Patrícia Mendes

Data: 17/06/2017

Horário: 18h às 19h

Local: Centro Espírita Paulo de Tarso (CEPT) – Link para o site do CEPT.

Endereço: Escola INDI, na QI 03/05 do Lago Norte, perto da Delegacia de Polícia Civil, Brasília-DF.

Publicado em Agenda | Deixe um comentário

Parâmetros

Tirinhas parâmetrosA vida é cíclica. O que nos parece o ideal hoje, poderá não ser amanhã. A doutrina espírita nos ensina a usar a razão e o bom senso de modo a contextualizar os acontecimentos.  Seja o direito ao divórcio, a mudar de religião, ter filhos (as) solteiros (as), mudar de sexo ou adotar uma orientação sexual diferente da anterior. A vida é dinâmica e a nossa alma guarda muito mais informações do que supomos saber. O caminho do autoconhecimento passa por nos conscientizarmos dos nossos preconceitos e desconstruí-los.

Fernanda Ramos Martins

Publicado em Tirinhas | Deixe um comentário

Vem Me Ver

O que temos em comum são nossas diferenças.
Este vídeo tem a capacidade de tocas nosso coração, nos fazendo perceber que somos únicos e especiais. Que devemos respeitar limites e potencialidades, uns dos outros. Que somos diferentes para nos completar no convivio com o outro. pois, as diferenças deveriam nos aproximar para crescermos e não nos afastar, fazendo com que esqueçamos de respeitar o outro.
Patrícia Braga
Publicado em Filmes, Reflexões | 1 Comentário

A tal felicidade!

Por do Sol

Em tempos de crise acreditamos não ser possível a felicidade, esquecemos que diariamente a vida nos presenteia com: nascer e pôr do Sol, arco- Iris, paisagens lindas com sol ou com chuva. A nossa mente é uma lente a focar as nossas preferências. Usemos em prol do nosso bem e dos semelhantes. Ao nos valer do livre arbítrio para sintonizar com o belo teremos energia para enfrentar problemas e situações desafiadoras com uma nova disposição.

Fernanda Ramos Martins

Publicado em Tirinhas | Deixe um comentário