[15/04/2018 – 9h às 12h] Feira de Trocas de Livros Espíritas

Convite_FEIRA DE TROCA_2018 (1)

Feira de Trocas de Livros Espíritas no Parque da Cidade

No dia 15 de abril, o Grupo de Divulgação da Doutrina Espírita (GruDDE) realizará a 14ª edição da Feira de Trocas do Livro Espírita no Parque da Cidade.. A Feira ocorrerá das 9h às 12h em estande próximo à Administração do Parque (estacionamento 13).

No estande da feira, cada livro entregue dá direito à troca por outra obra. Os frequentadores poderão encontrar obras de autores de renome no Espiritismo, como Chico Xavier, Carlos Bacelli, Divaldo Franco, entre vários outros.

 O GruDDE

 O GruDDE existe há 22 anos e realiza atividades tanto para o público espírita quanto para aqueles não ligados à doutrina. Além das feiras de trocas do livro espírita, são exemplos dessas atividades a realização de seminários, oficinas e cines debates.

 Serviço

Feira de Trocas do Livro Espírita
Domingo, dia 15 de abril de 2018
Das 9h às 12h
Parque da Cidade, próximo à Administração (estacionamento 13)
Promoção: GruDDE – Grupo de Divulgação da Doutrina Espírita.

Contato: Henrique – 981430126

Anúncios
Publicado em Agenda | Deixe um comentário

Carta de Eventos do GruDDE 2018

Saiba mais sobre as oficinas que estão sendo oferecidas pelo GruDDE para 2018:
O seu Centro acolhe bem?
Capacitação para voluntários e/ou funcionários da Casa Espírita para a recepção do público em todos os seus serviços (biblioteca, livraria, balcão de atendimento, etc.)
Conviver Melhor
Através de vivências e dinâmicas, fortalecer as relações interpessoais dos grupos espíritas, facilitando o relacionamento e a comunicação na rotina das atividades desenvolvidas em equipes.
Produção Cultural
Assessoria às Casas Espíritas na criação e planejamento de eventos culturais, como Cine Debates, Feira de Trocas de Livros Espíritas, etc. Informações e conceitos importantes para o sucesso de seus projetos.
Dimensões da Sexualidade
Oficina direcionada a pais, jovens e evangelizadores do Centro, proporcionando reflexão e diálogo sobre a sexualidade à luz da Doutrina Espírita.
Clique aqui para preencher o formulário de solicitação de oficina.
Publicado em Agenda | Deixe um comentário

Hoje (Jota Quest)

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir
(Que te faça rir)

Hoje eu preciso te abraçar
Sentir teu cheiro de roupa limpa
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria
Em estar vivo

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia
Que eu faço tudo errado sempre, sempre

Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje

Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria
Em estar vivo

Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia
Que eu faço tudo errado sempre, sempre

Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso!
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje
Só hoje

Publicado em Musica | 1 Comentário

Felicidade a gente encontra em horinhas de descuido (Guimarães Rosa)

1.gif

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Casa Dom Inácio – Abadiânia – João Deus – entrevista dada aos altas Horas em 11/09/2016

No início de abril estive na Casa Dom Inácio em Abadiânia pela segunda vez. Foi uma experiência de gratidão pela abundância da misericórdia divina e a disponibilidade do médium João de Deus e todos que atuam na casa na caridade pelo próximo. É um exercício de paciência e humildade, pois há centenas de pessoas para serem atendidas, de todo Brasil e de diferentes países: Grã-Bretanha, França, Bélgica, Islândia e Alemanha, entre outros, é explicado que desde a fila as pessoas já são preparadas para o tratamento. A casa possui um número enorme de voluntários e o atendimento é fraterno e organizado. Todos são tratados de forma igualitária, recebem orientação sobre o funcionamento da casa, o atendimento do médium e são tratados físico-espiritualmente. Mesmo que não estejamos doentes saímos renovados e fortalecidos na fé. Mais Informações no Blog da casa: http://joaodedeus.com.br/plus.

Por Fernanda

Publicado em Reflexões | Deixe um comentário

Sobre o tempo…

1

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Vai que dá!

Tentar

Fonte: Google.

Hoje estou triste, e me permito ficar desse jeito  sim! Choro porque as coisas não foram como eu esperava, mesmo sabendo que o que queria poderia não ser tão bom assim, mas a vontade quando não satisfeita costuma melindrar coração teimoso e mente omissa. Desejar em demasia tem desses problemas, comumente  com coisas fora da realidade e felicidade possíveis. E quando acreditamos no inviável e embarcamos em uma história que só existe dentro de nós? É triste quando contatamos que o verdadeiro significado dos acontecimentos podem ter inúmeras explicações,  ou nenhuma caso não haja interesse, até porque as vezes ele era, no fundo, assunto somente para nós mesmos.
Com frequência sinto-me tão ET que sonho na possibilidade de minha nave vir me buscar a qualquer momento. E um dia ela virá mesmo… e será que me sentirei em casa!? Penso que não por não conseguir definir desde já o que entendo por pertencimento.
Dor é super particular, algo que ocorre diferente em cada um, por mais que detalhemos a outrem o que nos acomete, o pulsar latejante pungente está presente apenas em nosso peito. Eu sei, isso é duro, injusto em nossa concepção momentânea e equivocada muitas vezes.. mas tem uma parte mágica na existência na Terra, a impermanência, onde tudo muda, tudo passa! As lágrimas molham o rosto que estará bem hidratado para os sorrisos que virão…e virão, acredite! Eu acredito, mesmo agora cheia de angústia e dilemas, acredito que tudo se renova e que alguém sempre está torcendo pela nossa felicidade, encarnados e desencarnados, contentes com nosso crescimento e conquistas, à base de algumas renúncias e reformulações, mas sem esmurecer nem desistir! Também sempre  contamos com o imensurável carinho e compaixão do Pai, que não se cansa de depositar fé em nós! Então permitemo-nos chorar quando necessário for exteriorizar, mas nunca deixem-se afogar na tristeza. Afinal, sempre podemos escolher novos rumos e escrever novas (e melhores) histórias! Força e segue!

Publicado em Reflexões, Textos Doutrinários | Deixe um comentário

Tocando Em Frente  (Almir Sater)           

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Hoje me sinto mais forte
Mais feliz, quem sabe
Só levo a certeza
De que muito pouco sei
Ou nada sei

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Penso que cumprir a vida
Seja simplesmente
Compreender a marcha
E ir tocando em frente

Como um velho boiadeiro
Levando a boiada
Eu vou tocando os dias
Pela longa estrada, eu vou
Estrada eu sou

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Todo mundo ama um dia
Todo mundo chora
Um dia a gente chega
E no outro vai embora

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Conhecer as manhas
E as manhãs
O sabor das massas
E das maçãs

É preciso amor
Pra poder pulsar
É preciso paz pra poder sorrir
É preciso a chuva para florir

Ando devagar
Porque já tive pressa
E levo esse sorriso
Porque já chorei demais

Cada um de nós compõe a sua história
Cada ser em si
Carrega o dom de ser capaz
E ser feliz

Essa música foi citada por Simão Pedro, em sua oratória no IV Congresso Espírita do DF, realizado em abril de 2018.

Ao discorrer sobre as Bens Aventuranças, na escala das virtudes, que começa pela Humildade, ele nos diz que : “Nós somos mestre e alunos”.

Nós aprendemos e ensinamos, como na música Tocando em frente, de Almir Sater, “Estrada eu sou – ensino”; “Estrada eu vou – aprendo”, assim termos a Humildade de perceber essa condição.

Por Maria Aparecida Campos Fernandes

Publicado em Musica | 1 Comentário

Não se molde

1

Fonte: Medium

Embarcamos nesta jornada terrena inundados por emoções já tão familiares porém encobertas por um véu, o do esquecimento quando da reencarnação. Temos assim a oportunidade de dar uma nova direção a tudo, esforçando para não incorrer em replicar velhas tendências. Somente revivendo antigas quedas poderemos compreender melhor as dores que causamos a outrem ou a nós mesmos retardando nosso progresso evolutivo.
Mas quando aqui estamos como é sofrível encarar as dívidas do passado, imprescindível é encontrar no silêncio interior o gabarito para solucionar as tramas que novamente nos anuímos, escutando as diretrizes que foram passadas antes de voltarmos à carne.
Pensando no tema, ao constatar o que me é verdadeiro percebo particularidades em alguns pontos, entendo que isto pode gerar estranhamento no meio em que estou inserida, mas se esta verdade encontra alento em meu coração e lógica em meus princípios e razão, não retroajo na ideia formada, por ser decisão acertada, gravada intimamente, por mais que fuja da concepção geral. Respeitar o espaço, a opinião, as atitudes do outro não torna forçoso que concorde ampla e irrestritamente e, ao discordar, não cabe como regra o debate ou rebater acaloradamente, sendo neste aspecto, a palmatória do mundo. Compreendo que ao deixar todas as formas de proceder que não ofendam a universalidade do bem poderem conviver em paz e harmonia, a verdadeira igualdade e fraternidade será realidade perene. Ser firme é adaptar-se sem ceifar suas convicções.

Quando nos respeitamos, somos livres para sentir, agir, ir, dizer, pensar e saber o que autodeterminamos, confiantes em que, se estivermos prontos, no tempo exato o Poder Superior o do Universo nos dará todo o suprimento, todo o apoio e toda a orientação para cumprirmos o sublime plano que Ele nos reservou.
Somente optando pelo auto-respeito é que conseguiremos o respeito alheio.
Encontraremos nos outros a mesma dignidade que damos a nós mesmos.

OS PRAZERES DA ALMA
Francisco do Espírito Santo Neto
Ditado por HAMMED
Cap. 07 Respeito

Por Alexandra Paes

Publicado em Reflexões, Textos Doutrinários | Deixe um comentário