É seu (GRUDDE)

“A fraternidade é o sentimento mais positivo, que mais conforta os corações, que mais alimenta os homens nas suas trajetórias.” Conselhos Úteis – Espírito Hilda Pereira Magalhães

Na música “Pop Zen” (composição de Alexandre Leão/Manuca Almeida/Lalado) eles versam sobre aquilo que damos que é realmente nosso. Mais um dar pessoal, único, como um abraço, um beijo, coisas que não podemos colocar um valor monetário. O amor dedicado, o velar por alguém que nos é caro, são maneiras de distribuir um pouco do nós mesmos, fazendo reluzir parte da latente essência divina. O que nos pertence para a eternidade é a perene troca de amparo de espírito para espírito vivenciada em múltiplas circunstâncias, o material como dito na letra da música, se transformará . Recebemos da vida significativas porções de generosidade, no ar que respiramos, no sol que nos aquece o corpo, no intelecto que compila o aprendizado adquirido nos obstáculos inevitáveis e educadores de cada retorno à carne. Para possibilitar a continuidade desse ciclo de  gentileza que é processo inerente na melhoria do ser, sedamos um tanto de nós, no tempo, no sorriso e na paciência,  compartilhando o que nos pertence efetivamente. Fazendo a vida prosseguir seu curso natural de renovação, teremos sem dúvida condições de realizar as tarefas que assumimos em proveito próprio e da coletividade.

Por Alexandra Paes

Anúncios
Esse post foi publicado em Música, Reflexões. Bookmark o link permanente.

2 respostas para É seu (GRUDDE)

  1. junealves disse:

    Parabéns pela reflexão!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s