Deixe brotar

Imagem relacionada

Quando nasce uma esperança? Será que é quando todas as tentativas fracassam e reformulamos nossa trajetória? Talvez seja quando menos se tenha expectativa e algo modifica o que tão certo parecia?
Ou quem sabe aquilo que tanto se desejou acaba projetado para o futuro e o agora apresenta-se mais claro e promissor em nossas mãos? 
A esperança possivelmente nasce quando a fé é maior que o desânimo, quando o fim se desdobra em vários e melhores recomeços, e as luzes no percurso se transformam em faróis a guiar novos rumos. 
A esperança nasce, morre e renasce tantas vezes quanto se fizer necessário revigorar as expectativas em enxergando mais calmamente as sugestões que nos chegam dos planos espirituais e também deste plano que coabitamos.
Ela nasce dentro de nós, e quando germina, exala a derredor um aroma suave de alegria e confiança. Parte importante deste processo é quando suas sementes são disseminadas florescendo paz e confiança onde antes havia temor e pessimismo. A esperança deve nascer persistentemente e frutificar em belas realizações!

Por Alexandra Paes 

“Semear esperança é um dever de todos que estão procurando a sua verdade. Quando avistar algum agricultor de almas, ajude-o nesse plantio divino.”

Paulo Ursaia
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s